segunda-feira, 29 de abril de 2013

Raposa-foneco (Vulpes zerda)

ZOOLOGIA - 23
CLASSE DOS MAMÍFEROS - 6
ORDEM CARNÍVORA - 3
FAMÍLIA CANIDAE - 1
GÊNERO VULPES - 1


ESPÉCIE: Raposa-foneco (Vulpes zerda) - Zimmermann, 1780. [LC].

              Os fenecos ou raposas-do-deserto (Vulpes zerda, anteriormente Fennecus zerda) são pequenas raposas, sendo portanto animais da ordem Carnivora e da família dos canídeos. A respeito do gênero, alguns biólogos afirmam que tais animais constituem a única espécie de raposas do gênero Fennecus, muito embora outros afirmem que são apenas mais uma espécie do gênero Vulpes, tal como apontado na taxocaixa lateral.

Habitat 
              Seu habitat são as regiões desérticas, semidesérticas e montanhosas do Norte de África e da Península Arábica.

Descrição
              Feneco vem do árabe "fanak" palavra para raposa, e zerda vem de "xeros" grega palavra grega que significa seco, descrevendo o habitat do Feneco. O feneco é um animal de pequenas dimensões, apesar de ter orelhas de cerca de 15 centímetros, para perder facilmente calor. O feneco é o menor dos canídeos extantes. O peso máximo que chega a atingir 1,5 kg. Chega a medir 20 centímetros de altura e 40 de comprimento. A cauda pode medir até 15 centímetros e o seu pelo tem cor de areia para ajudá-lo a se esconder no deserto. Outra utilidade de seu pelo é ajudar o feneco a refletir os raios de sol durante o dia e conservar o calor durante a noite. Além disto, os dedos das patas são protegidos do calor da areia por uma camada de pelos.

Hábitos
              O feneco é um animal de hábitos noturnos. Durante a noite, caça pequenos roedores, insetos (como, por exemplo, gafanhotos), lagartos, pequenas aves e ovos, além de algumas plantas, sua única fonte de água vem dos alimentos e ela pode passar longos períodos sem ingerir nenhum líquido. A comida no deserto é rara e, por isso, quase todas as formas de vida do deserto servem de alimento para o feneco, salvo quando se trata de um animal mais forte que ele. O feneco é, atualmente, também um animal de estimação. Em alguns países, é permitida a sua criação em cativeiro.

Fotos: 25.


























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não faça comentários anônimos ou de caráter ofensivo e desrespeitoso!
Obrigado!