quinta-feira, 16 de maio de 2013

Flamingo-americano (Phoenicopterus ruber)

ZOOLOGIA - 48
CLASSE DAS AVES - 13
ORDEM PHOENICOPTERIFORMES - 1
FAMÍLIA PHOENICOPTERIDAE - 1
GÊNERO PHOENICOPTERUS - 1


ESPÉCIE: Flamingo-americano (Phoenicopterus ruber) - Linnaeus, 1758 [LC].

              O Flamingo-americano (Phoenicopterus ruber), vulgarmente conhecido como Flamingo, Flamengo, Ganso-do-norte, Gansão, Ganso-cor-de-rosa e Maranhão, é uma ave pernalta que pertence à família Phoenicopteridae e à ordem Phoenicopteriformes. Habita na costa atlântica tropical e subtropical, desde os Estados Unidos até ao estuário do rio Amazonas.

Etimologia 
              "Flamingo" e "flamengo" vêm de "flama" , numa alusão à tonalidade rosa de suas penas.
Descrição
              Tida como uma das mais graciosas e estranhas aves da avifauna mundial, o flamingo é o resultado inesperado da adaptação aos meios aquáticos que frequenta. Ave pernalta, pode ultrapassar um metro e meio de altura. Em média, os machos são um pouco maiores e têm o pescoço mais comprido do que as fêmeas. A envergadura das asas dos flamingos varia entre os 140 e os 165 centímetros.

              Sua plumagem apresenta uma variação considerável entre o rosa pálido e um rosa mais intenso. As penas de cobertura das asas são rosa vivo, chegando a vermelho-carmim, e as penas de voo são pretas. As patas, tal como o bico, com exceção da ponta que é preta, são igualmente rosa. Os juvenis têm o pescoço e as patas mais curtos e a plumagem que inicialmente é castanho-acinzentado vai, à medida que o indivíduo , se aproxima da maturidade, sendo substituída por uma plumagem branca e finalmente rosada.

              No Brasil, o único lugar onde nidifica é no cabo Orange, fronteira com a Guiana Francesa. Entretanto, mesmo nessa região pouco habitada, a espécie encontra-se ameaçada de extinção em virtude do estabelecimento de plantações de arroz, das salinas ao longo da costa, da caça predatória e da captura de seus ovos.

              Em Portugal, não há registos de nidificação desta espécie.

O Gênero Phoenicopterus
               Há seis espécies de Flamingos, todos do Gênero Phoenicopterus:
Espécies
NOME/BINOMIAL/CATALOGADO POR/EM/DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA
  1. Flamingo-comum (Phoenicopterus roseus) - Pallas, 1811 - Partes da África, sul e sudoeste da Ásia, sul da Europa (mais difundido).
  2. Flamingo-chileno (Phoenicopterus chilensis) - Molina, 1752 - Região temperada da América do Sul.
  3. Flamingo-americano (Phoenicopterus ruber)  - Linnaeus, 1758 (Espécie referina nesta página) - Da Flórida, passando pelo Caribe, Ilhas Galápagos até a costa norte da América do Sul (Cabo Orange).
  4. Flamingo-pequeno (Phoeniconaias minor) - Geoffroy, 1798 - África (p.ex. Vale do Rift) até noroeste da Índia (mais numeroso).
  5. Flamingo-de-James (Phoenicoparrus jamesi) - Sclater, 1886 - América do Sul.
  6. Flamingo-andino (Phoenicoparrus andinus) - Philippi, 1854 - América do Sul (exclusivamente nos Andes chilenos).
Fotos: 70.








































































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não faça comentários anônimos ou de caráter ofensivo e desrespeitoso!
Obrigado!