quinta-feira, 9 de maio de 2013

Orangotango-de-Bornéu (Pongo pygmaeus)

ZOOLOGIA - 42
CLASSE DOS MAMÍFEROS - 11
ORDEM PRIMATAS - 2
FAMÍLIA HOMINIDAE - 1
GÊNERO PONGO - 1

Macho
Fêmea e bebe.
ESPÉCIE: Orangotango-de-Bornéu (Pongo pygmaeus) - Linnaeus, 1760 [EN].

              O Orangotango-de-Bornéu (Pongo pygmaeus) é uma espécie de orangotango, que como seu nome indica, é nativo da ilha de Bornéo (Indonésia e Malásia). Juntamente com o orangotango-de-sumatra, pertence ao único gênero de grandes primatas na Ásia (Pongo). Esta espécie é mais numerosa com aproximadamente 45 mil indíviduos, números que contrastam os 7.500 orangotangos de sumatra que vivem em seu habitat natural. 

              O Orangotango-de-Bornéu está ameaçado de extinção devido aos incêndios, a destruição florestal em troca de plantações de óleo de palma e o tráfico ilegal de crias de orangotango. Estes orangotangos partilham aproximadamente 97% de seu DNA com o homem.

Taxonomia 
              O orangotango-de-Bornéu divergiu do orangotango-de-sumatra há aproximadamente 400.000 anos atrás. As duas espécies de orangotango foram consideradas subespécies até 1996, quando foi feito o sequênciamento do DNA mitocondrial. Com a elevação do orangotango-de-Bornéu e do orangotango-de-sumatraespécies de orangotango, passou a existir 3 subespécies de orangotango-de-bornéu:

  1. Pongo pygmaeus pygmaeus - Populações encontradas em Kalimantan Central, Kalimantan Ocidental e Sarawak (IndonésiaMalásia).
  2. Pongo pygmaeus morio - Populações encontradas em Kalimantan Oriental e Sabah (Indonésia e Malásia).
  3. Pongo pygmaeus wurmbii - Populações encontradas em Kalimantan Central e Kalimantan Ocidental (somente encontrado na Indonésia).
              Existe alguma incerteza sobre isso, no entanto, a subespécie atualmente listada como Pongo pygmaeus wurmbii pode estar mais próxima do orangotango-de-sumatra do que o orangotango-de-Bornéu. Se isto fosse confirmado, o orangotango-de-Sumatra seria uma subespécie do Pongo pygmaeus wurmbii.

Descrição física
              O orangotango-de-Bornéu é o terceiro primata vivo mais pesado, logo a seguir às duas espécies de gorila e são atualmente os maiores animais arborícolas do mundo. A média do peso corporal é ligeiramente mais alta que a dos humanos, embora a sua altura média seja menor. O orangotango-de-sumatra é semelhante em tamanho, mas é em média ligeiramente mais leve. Os orangotangos selvagens machos pesam em média 75 kg, variando entre 50 a 100 kg, e medem entre 1,2 a 1,4 metros de altura, enquanto que as fêmeas pesavam em média 38,5 kg, variando entre 30 a 50 kg, e mediam 1 a 1,2 metros de alturaEm cativeiro, os orangotangos podem crescer consideravelmente acima do peso, até mais de 165 kg. O mais pesado orangotango conhecido em cativeiro, foi uma macho obeso chamado "Andy" que pesava 204 kg em 1959, quando tinha 13 anos de idade.
              O orangotango-de-Bornéu têm os braços muito longos, que podem atingir até 2 metros de comprimento.

Habitat e distribuição
              O orangotango-de-Bornéu vive nas florestas tropicais das planícies da ilha de Bornéu, bem como em áreas montanhaosas com cerca de 1900 metros de altitude. Esta espécie move-se a grandes distâncias para encontrar árvores frutíferas.
              Podem ser encontrados em dois estados da Malásia: Sabah e Sarawak; como em quatro províncias da Indonésia: Kalimantan Ocidental, Kalimantan OrientalKalimantan Central e Kalimantan Meridional. Devido à destruição do habitat destes animais, a distribuição das subespécies é altamente irregular por toda a ilha. A espécie tornou-se rara no sudeste da ilha, bem como nas florestas entre o Rio Rejang no centro de Sarawak e as do Rio Padas no oeste de Sabah.

Fotos: 44.













































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não faça comentários anônimos ou de caráter ofensivo e desrespeitoso!
Obrigado!