quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Condor-dos-Andes (Vultur gryphus)

ZOOLOGIA - 294
CLASSE DAS AVES - 181
ORDEM ACCIPITRIFORMES - 9
FAMÍLIA CATHARTIDAE - 1
GÊNERO VULTUR - 1


ESPÉCIE: Condor-dos-Andes (Vultur gryphus) - Linnaeus, 1758 [NT].

              O Condor-dos-Andes (Vultur gryphus) é uma ave da família dos Catartídeos, parente próximo do Condor-da-califórnia e dos urubus, que habita a Cordilheira Andina, na América do Sul.

Taxonomia
              Os condores, assim como os urubus, apesar de serem conhecidos também por abutres-do-novo-mundo são, segundo a nova Taxonomia de Sibley-Ahlquist, mais próximos às Cegonhas do que aos Abutres propriamente ditos.

              Ele é o símbolo nacional da ColômbiaEquador, Bolívia e Chile e integra os brasões oficiais destes países, além de cumprir um importante papel no folclore e na mitologia das regiões andinas da América do Sul. A IUCN considera esta ave ameaçada de extinção, por perda de habitat natural e envenenamento de carcaças deixadas por caçadores. Vários países criaram programas de reprodução em cativeiro da espécie.

Características
              O Condor-andino ou Condor-dos-Andes é a segunda maior ave voadora do mundo e a que tem a terceira maior envergadura de asas, com 3,2 metros (perdendo somente para o Marabu, que cuja envergadura de asas chega a 3,5 metros e para o Albatroz-errante que chega à mesma envergadura). Ele pode chegar a pesar 14 quilos e voar até 300 km por dia.

Alimentação
              Os condores alimentam-se principalmente de animais de pequeno e médio porte, como ratos, coiotesveados e esquilos. Também se alimentam de carniça principalmente bovina, que é muito farta naquela região.

Distribuição Geográfica
              Ele é encontrado principalmente nos Andes. Ao norte, na Venezuela e Colômbia - onde é muito raro - descendo pelo Equador, Peru e Chile, através da Bolívia e pela parte oeste da Argentina, até a Terra do Fogo.

Habitats
              Seu habitat natural é na maior parte composto de campos verdes abertos ou área alpinas com elevação de até 5 mil metros. Ele prefere áreas abertas, que o permita espreitar a caça do ar, como rochas em geral. Ocasionalmente, ele pode ser encontrado no sudeste da Bolívia e no sudoeste do Brasil, descendo para áreas desérticas e baixas do Chile e do Peru, sendo ainda avistado em algumas florestas da Patagônia.

Reprodução
              O Condor fêmea procura fazer os ninhos no ponto mais alto das montanhas. Lá ela põe um ovo por ano, raramente dois, que é incubado por 58 dias. Ele gera um filhote branco parecendo um rolo de algodão. Caso nasçam dois filhotes, ambos lutarão até um derrubar o outro do ninho. A mãe observa a luta sem qualquer movimento para intervir.

Galeria: 62.


















  









  





  



























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não faça comentários anônimos ou de caráter ofensivo e desrespeitoso!
Obrigado!