sexta-feira, 6 de março de 2015

Maritaca-verde (Pionus maximiliani)

ZOOLOGIA - 550
CLASSE DAS AVES - 437
ORDEM PSITTACIFORMES - 069
FAMÍLIA PSITTACIDAE - 035
GÊNERO PIONUS - 001



ESPÉCIE: Maritaca-verde (Pionus maximiliani) - Kuhl, 1820 [LC].


              A Maritaca-verde (Pionus maximiliani) é uma espécie de Psitacídeo da Família Psittacidae, dos papagaios verdadeiros

OUTROS NOMES
              É também chamado de Pionus-de-cabeça-escamosa, Pionus-Maximilian, Papagaio-maximilian, Pionus-de-Maximiliano, e Papagaio-de-Maximilian; Papagaio-de-cabeça-escamosa; Maritaca-de-cabeça-escamosa.

Ainda os termos:
Cocota,
Curica,
Baitaca,
Maitá,
Maitaca, 
Maritaca,
Suia,
              São designações comuns para diversas espécies de aves Psitaciformes da Família dos Psitacídeos do Gênero Pionus.


DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA
              Pode ser encontrada no leste do Brasil, Central e Oriental da Bolívia, Paraguai e norte da Argentina. Encontra-se em uma ampla gama de habitats florestais, desde a floresta subtropical úmido para árido Caatinga. É bastante comum ao longo de uma grande parte da sua gama. Vê-se tipicamente em pares ou em pequenos bandos. 
              Ocorrem no Brasil da região nordeste (Maranhão, Piauí, Pernambuco, Alagoas) até a região sul, passando pela região centro-oeste (Goiás e Mato Grosso). Ocorrem, também, na Bolívia, no Paraguai e na Argentina.

ETIMOLOGIA
              No Brasil, eles são chamadas de Cocotas ou Maritacas (de mbaé'taka, tupi para "pássaro barulhento").

DESCRIÇÃO

              As Maritacas caracterizam-se pela cauda curta e azul, pela zona sem penas em volta dos olhos, pelo bico cinza-escuro com marcas vermelhas nas laterais das mandíbulas. São semelhantes aos Papagaios do Gênero Amazona, mas menores.


              Principalmente as penas da cabeça verdes que são afiadas em um azul royal. O peito pode estar em qualquer lugar do azul royal para índigo na cor. Asas e volta são principalmente verde, algumas aves poderão desenvolver bronze 'epilets' sobre os seus ombros. A parte inferior da cauda é de vermelho. Pena nesta área são derrubados com uma luz verde e, em alguns casos de hidroginástica ou violeta. O bico é em qualquer lugar do preto para o chifre na cor, a maioria das aves que têm um de dois tons bico. A pele é geralmente cinza rosada.

              A escala para a cabeça para o qual foi nomeado é tipicamente muito menos distinta do que as cores vermelhos brilhantes na parte inferior do rabo e abrigos das asas (uma característica encontrada em todos os membros do Gênero Pionus).


HABITATS
              Vivem em uma variedade de habitat que inclui florestas úmidas, de galeria, savanas e áreas cultivadas, até os 2.000 metros de altitude. Geralmente, voam em bando de seis a oito indivíduos, por vezes até de cinquenta aves quando a comida é muito abundante. Costumam banhar-se em lagos para se refrescar.

HÁBITOS ALIMENTARES
              Se alimentam de frutos e sementes, tais como pinhão do Pinheiro-do-brasil e frutos da figueira. Também se alimentam de mangas quando apresentam frutos em formação.

REPRODUÇÃO
              A reprodução das Maritacas costuma ocorrer de agosto a janeiro. O casal afasta-se do grupo à procura de um oco formado nas árvores. A fêmea põe de três a cinco ovos brancos com um período de incubação de 23 a 25 dias e o macho, geralmente, permanece no ninho durante o dia. As crias são totalmente dependentes dos pais (matriciais) e saem do ninho com aproximadamente 55 a sessenta dias.

GALERIA DE FOTOS: 31.
































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não faça comentários anônimos ou de caráter ofensivo e desrespeitoso!
Obrigado!